Brasil Orgânico


Olá, pessoal!

Pesquisando sobre os orgânicos, encontrei diversos materiais interessantes. Entre eles este documentário me chamou muito a atenção por abordar a cadeia dos orgânicos nas diversas regiões brasileira

.download

Dirigido por Kátia Klock e Lícia Brancher, o documentário é descrito assim:

Brasil Orgânico revela histórias de pessoas que têm na produção orgânica uma forte convicção de vida. O roteiro percorre as regiões brasileiras, a diversidade de ecossistemas, paisagens e culturas. Da fruticultura no interior de São Paulo à pecuária no Pantanal, da agricultura familiar no norte de Minas Gerais e em Santa Catarina ao extrativismo na Floresta Amazônica. O associativismo, as feiras agroecológicas, o consumo consciente. Do campo à cidade, a produção de alimentos e a relação do homem com a terra.

Para quem se interessa pelo assunto e por uma vida mais saudável, é uma ótima pedida!

Beijos,

Gi

Anúncios

A dieta continua |Desafio #DietaDefinitiva


Bom dia!

Nunca mais falei de como vai a dieta, né?! 

Ao contrário do que se possa pensar, não desisti!!! Vou atualizar vocês.

O que estou fazendo?

Já que estou buscando saúde e equilíbrio e não apenas emagrecimento, consultei em março uma médica ortomolecular para resolver alguns problemas, digamos… digestivos que estavam atrapalhando minha relação com a comida e meu bem estar de forma geral.

Depois da minha segunda consulta vou falar mais sobre a terapia ortomolecular, mas já posso adiantar que descobri algumas alergias alimentares e deficiências de minerais. Deixando de comer esses alimentos e tomando os suplementos, já estou notando progressos no meu bem estar e pareço ter desinchado um pouco.

Tenho tentado controlar a alimentação, ingerindo mais frutas e verduras e menos coisas gordurosas (em casa não comemos muita fritura, o problema é quando me alimento na rua). E aquela história da fome emocional, de “comer emoções” diminuiu (nem tanto na TPM e dias de provas, mas até nesses períodos melhorou bastante).

Garf guloso

O que falta fazer?

Preciso confessar que não estou indo à academia. Preciso voltar! 

Fiz algumas caminhadas, trilha, exercícios esporádicos, mas ainda preciso disso:

994663_125910577582729_257657842_n

 

Também preciso controlar um pouco mais a quantidade de comida.

E os resultados?

Em março, estava com 72kg. Depois disso me pesei em outra farmácia e estava com 74kg… MAS depois disso, uma calça 44 está grande (precisei usar cinto e o melhor, dois furos mais apertado que antes!) e uma calça 42 está servindo. Aparentemente, diminuí um número!

Confesso que estou com medo de me pesar, e não pretendo fazer isso por enquanto… como já comentei em outro post, calça jeans – do tipo que não espicha – é um ótimo indicativo para controle do peso, porque mostra quando as medidas realmente diminuíram. Já a balança pode mostrar aumento ou redução de massa magra, não refletindo a situação das medidas.

BeFunky_images (7).jpg

 

Relembrando as palavras-chave…

3 palavras

 

Beijos,

Gi

 

 

De volta à academia! |Desafio #DietaDefinitiva


Bom dia!!!

E hoje está bom mesmo! Porque finalmente posso contar, orgulhosamente, que voltei à academia!! Uhuuu!!!

Sem mais desculpas, sem deixar o calor atrapalhar (e olha que tá MUITO quente por aqui!), resolvi a caminho de casa que começaria ontem mesmo.

Fiz uma playlist bem animada no celular, e depois de passar em casa tomei coragem e fui.

Corrida

Eu, que nunca tive muito fôlego pra isso, agora estou decidida a correr. Até então aguentava no máximo uns dois ou três minutos alternados com caminhada, mas estou determinada a mudar essa situação.

E descobri que a música é uma grande aliada!! Fiquei muito mais empolgada e consegui correr na metade do meu tempo de esteira, e ainda usei o elíptico por um tempo bem satisfatório.

Só o fato de ter começado já me deixou mais empolgada, me fez lembrar que gosto de exercícios. Agora é manter o ritmo!

Beijos,

Gi