Sombra


Olá, pessoal!

Tenho estado bastante ocupada pelo trabalho com os morangos (que é intenso e contínuo mas muito gratificante), faculdade (estou chegando no final!) e estágio, portanto o blog, as séries e os livros acabaram perdendo um pouquinho seu espaço.

Se bem que tenho conseguido retomar minhas leituras no ônibus, e esse tempinho precioso me proporcionou ler pelo menos quatro obras que eu quero comentar aqui: A herdeira, da saga Seleção, A Jóia, uma distopia que lembra muito a anterior; Quem eu era antes de você – que é puro amor – e Sombra, sobre o qual quero falar hoje. Não sei se ando muito emotiva ou estes dois realmente são de fazer chorar, mas o fato é que ambos me levaram às lágrimas com suas narrativas tão sensíveis.

sombra

Estamos ouvindo tanto sobre imigrantes sofrendo na tentativa de mudar de vida, sobre pessoas que estão sendo resgatadas, morrendo ou sendo deportadas ao tentar entrar na Europa. Já estou com Sombra há algumas semanas sem saber que, coincidentemente, é a história de um menino afegão e sua mãe, que tentam escapar do sofrimento imposto pela guerra e pelos Talibãs fugindo para a Inglaterra, e são guiados pela cachorrinha Sombra (que eu imaginava ser a protagonista).

É o segundo livro de Michael Morpurgo que leio (o primeiro foi Cavalo de Guerra) e só confirma minha impressão de que o autor tem o dom das palavras e uma sensibilidade nata para contar histórias profundas com sutileza e simplicidade. É um livro fácil de ler, emocionante, e que desperta nossa reflexão sobre essa realidade dos imigrantes, por vezes tão distante da nossa, que esquecemos o quanto pode ser dura.

Alguém já leu esse livro? Se ainda não, recomendo!

Beijos,

Gi

Anúncios

Dica de livro: A Toda Prova


Boa tarde, pessoal!!

Post rapidinho para falar desse livro que apesar de ser juvenil, gostei muito. Trata-se de “A Toda Prova”, do Harlam Coben. Ele é o desfecho de uma trilogia, mas mesmo sem ter lido os anteriores consegui acompanhar bem a história.

Capa

A sinopse:

Oito meses se passaram desde que Mickey Bolitar presenciou a trágica morte de seu pai. Por muito tempo, o garoto não teve nenhum motivo para questionar o que aconteceu naquele acidente fatal.

Porém, de repente, ele começa a perceber mentiras, segredos obscuros e questões sem resposta que o deixam desnorteado. Por que sua vizinha reclusa afirma que Brad Bolitar está vivo? Por que o paramédico que tentara socorrer seu pai reapareceu subitamente na cidade?

Mesmo ansiando pela solução do mistério, Mickey precisa se dedicar a outro estranho caso. Sua amiga Ema revela que começou um relacionamento pela internet e que está apaixonada. Contudo, seu suposto namorado sumiu sem explicação. Recusando-se a acreditar que foi enganada, ela pede a ajuda de Mickey.

Aparentemente, a fama do sobrinho de Myron Bolitar como investigador já se espalhou, pois até seu rival, Troy Taylor, suplica que ele o auxilie. O garoto foi pego no exame antidoping e ficará de fora do time de basquete em seu último ano na escola. Ainda que desconfiado, Mickey acaba se envolvendo em uma trama que se mostrará mais grave do que parece.

Neste desfecho da série, três mistérios mobilizam a vida do jovem herói, mas nada pode prepará-lo para a grande verdade.

É uma leitura agradável, rápida e capaz de prender a atenção. Muito boa pra quem quer relaxar curtindo um mistério. :)

No site da editora Arqueiro (aqui) dá pra ler um capítulo do livro.

Beijos!

Gi

Garota Exemplar (o livro)


Olá, pessoal!!

Em primeiro lugar, aviso que o post terá spoilers! Esta é sua chance de parar por aqui se não quiser saber demais. :)

images

Em segundo lugar, preciso dizer que tive um caso de amor e ódio com esse livro. Ele é terrivelmente lento e chato no início, e teria abandonado sem pensar se a amiga que me emprestou o exemplar não tivesse dito que era assim mesmo, mas depois melhoraria.

Ela tinha razão, mas custou muito para a Amy aparecer! Só na segunda parte comecei a achar realmente bom, mas ainda com a sensação de ler, ler e não sair do lugar. A esta altura já tinha resolvido parar e pulei capítulos pra saber o que acontecia. Descobri que a Amy Vingativa estava viva e quis saber o que tinha  acontecido.

Enfim, queria muito abandonar o livro mas não consegui, mesmo sabendo do desfecho. Acho que fiquei com a síndrome do Nick, sem conseguir me livrar da psicótica, maluca, vingativa Amy. E o pior é que agora estou louca pra ver o filme. Vai entender.

De qualquer forma, pra quem gosta de suspense acredito que seja uma boa leitura. Não a melhor que já tive, mas sem dúvida uma trama bem construída e com personagens complexos, em uma história em que “mocinhos” e “vilões” se confundem o tempo todo.

Confiram a sinopse do Skoob:

Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?

Já leram este livro? O que acharam? Me contem! :)

Beijos,

Gi