Encontrando um cão perdido

Bom dia!

Nos últimos dias passamos por um aperto com nosso cãozinho Gimo. Chegamos quarta-feira à noite e não o encontramos em casa. Mesmo depois de procurarmos, falarmos com vizinhos, anunciarmos nas rádios municipais e no Facebook, até sexta à noite não tínhamos nenhuma notícia. Ele nunca tinha sumido assim. 

Somente no sábado pela manhã vi uma mensagem de um rapaz que não conhecia, informando que tinha visto o Gimo. Ele e seu irmão o encontraram, nos avisaram e o alimentaram. Foi um grande alívio e uma alegria sem tamanho. 

Contei essa história pra vocês porque em função dessa experiência, pensei em fazer um post para tentar ajudar quem estiver passando por isso a reencontrar seu cão (ou gato, ou qualquer que seja seu animal de estimação). Vamos lá.

BeFunky_11210_451030238301814_1541160621_n.jpg

– Pendure uma plaquinha de identificação.

Coloque na coleira um pingente com o nome do animal e um número para contato, assim quem o encontrar pode nem estar sabendo que você o procura, mas pode te avisar onde ele está.

O Gimo tinha uma, mas depois que foi perdida eu não tinha recolocado. Lembrei disso quando percebemos que estava perdido e me arrependi amargamente. Assim que ele voltou já colocamos uma nova.

 

– Avise amigos, vizinhos, pessoas que conhecem o animal.

Se elas o virem sem saber que está sendo procurado, podem pensar que é um cão semelhante. Se souberem que você o procura, vão ficar atentos e podem lhe avisar.

 

– Anuncie em rádios municipais.

Muitas pessoas não tem o hábito de acessar redes sociais, mas ouvem rádio em casa, no ônibus, no carro… Rádios municipais costumam ter um ou mais horários em que dão avisos de utilidade pública e podem anunciar o desaparecimento do seu bichinho. No nosso caso, havia duas emissoras avisando do sumiço, e muita gente comentou conosco que ouviu o anúncio.

É importante que a descrição do animal seja a mais completa possível, incluindo detalhes que possam ajudar a diferenciá-lo. Entre tantos cães que (infelizmente) andam pelas ruas, encontrar e diferenciar um “cão de porte grande, cor caramelo e rabo curto, com uma das patas dianteiras branca” é mais fácil do que um “cão caramelo de porte grande”, não acham? 

 

– Coloque fotos e aviso no Facebook.

Poste uma foto com o aviso, peça para que as pessoas compartilhem. Compartilhe novamente em horários diferentes, para que mais gente veja o anúncio em sua timeline.

Gente, esse foi o meio mais eficiente e a maneira como encontramos o Gimo. Muita gente foi super bacana em compartilhar – alguns mais de uma vez – e foi assim que os rapazes que encontraram o Gimo souberam que nós o procurávamos e nos avisaram. 

Ressalto que nós nem os conhecíamos, eles viram graças a uma dessas pessoas que compartilharam nosso anúncio. 

 

– Anuncie em jornais

Sempre com foto, se possível.

 

– Avise ONGs de proteção aos animais, veterinárias, pet shops…

Enfim, pessoas que fiquem sabendo quando são encontrados animais perdidos.

 

– Espalhe cartazes com foto

Não chegamos a fazer isso, embora esta seria minha próxima opção.

 

– Anuncie em sites especializados

Muitas cidades já contam com sites em que você registra fotos de animais encontrados ou desaparecidos. Se a sua tiver, é um recurso útil.

 

– Chip de identificação/rastreamento

Pode ser útil colocar um microchip de identificação no seu cão. O procedimento é feito por um veterinário e quando o cão perdido é encontrado, podem ser acessadas as informações do dono por meio de um scanner específico. 

Algumas cidades, como Cachoeirinha – RS já usam o chip visando o bem-estar dos cães da cidade.

 

– Ofereça gratificação

Não é regra e no nosso caso não foi o que contou. Mas lembro de um casal que procurou um gato durante semanas, anunciando no jornal, na rádio… e o bichano só foi devolvido quando eles ofereceram R$ 200,00 de bonificação. Pode ter sido coincidência, mas na dúvida…

 

O importante é divulgar bastante, de preferência com fotos ou com a descrição mais completa possível.

Quanto mais gente souber que o animal está sendo procurado, mais fácil fica de encontrá-lo. 

Se você estiver nessa situação, espero que as dicas te ajudem a reencontrar seu bichinho! :)

 

Beijos, 

Gi

 

 

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s