5 motivos para assistir The Carrie Diaries


the-carrie-diaries

Descobri The Carrie Diaries há alguns meses, quando procurava uma série bem light para acompanhar durante os hiatos das que já assistia. O resultado é que continuo acompanhando e sinto falta quando não tem episódios novos.

A série hoje está na 2ª temporada e acompanha a Carrie Bradshaw de Sex And The City, mas durante sua adolescência, a partir de 1984. Apesar de ser uma série voltada ao público teen, eu (que já não sou teen há muito tempo, hehe) adoro.

E aqui vão os 5 principais motivos pelos quais indico a vocês:

1. Relembrar Sex and The City

Quem aí sente saudade da Carrie? Pois é… ótima forma de resolver isso!

carrie-bradshaw

2. É relaxante

O enredo é divertido, os dramas são pequenos (coisas como o primeiro amor e conflitos familiares, mas tratados com muita leveza), e sempre tem alguma reflexão meio escondidinha no episódio (o mais recente que assisti, por exemplo, falava de segundas chances).

Ela não tem grandes tensões, então gosto muito de assistir quando o dia foi estressante, me ajuda a desopilar.

3. Referências aos anos 80

The Carrie Diaries é repleta de referências aos anos 80: música, moda, hábitos, arte, enfim. Essa ambientação foi muito bem feita e é um enorme ponto positivo da série.

the-carrie-diaries-looks37022

4. Trilha sonora

Eu que nunca fui fã da música dos anos 80, fui conquistada. A trilha sonora é ótima!!

Esta aqui é uma das minhas favoritas:

No canal The Carrie Diaries Music (clique aqui) do YouTube tem listas de reprodução organizadas por episódios e no site Músicas de Séries (aqui) tem por episódio e cena.

5. Relembrar a adolescência…

… com todos os seus conflitos, dúvidas e encucações, do primeiro namorado ao primeiro trabalho, mas com muuuito mais leveza do que foi na prática. :)

 

Mais sobre a série

Sinopse

O ano é 1984. A história é sobre as aventuras da jovem Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb) e seu amor pela ‘Cidade’, Nova Iorque. Na sua fase adolescente, Carrie mora com o pai e sua irmã, Dorrit (Stefania Owen). A família perdeu a mãe há pouco mais de três meses e lida com os problemas do trauma. Na escola, ela enfrenta os mesmos problemas de uma garota de 16 anos. Apaixonada pelo novato, Sebastian Kydd (Austin Butler), que também não nega ter sua paixonite por ela, Carrie enfrenta a fúria de sua rival Donna Ladonna (Chloe Bridges), que não hesita em fazer de tudo para ficar com Sebastian.

Os amigos de Carrie também tem seus próprios problemas e segredos, como perder a virgindade, homossexualidade e a procura do verdadeiro ‘eu’.

Na cidade mais badalada da época, Carrie descobre que pode criar uma vida nova para si mesma. Uma vida onde ela pode ser quem ela realmente é. É quando conhece Larissa Loughton (Freema Agyman), que trabalha na Interview Magazine e faz de tudo para manter Carrie ao seu lado. Larissa e seus amigos, que são pessoas muito influentes no mundo da moda, música e literária não sabem que Carrie tem apenas 16 anos e ainda está no Ensino Médio. Carrie então, ganha uma vida dupla, no caminho de encontrar a sua voz e ser quem ela realmente quer ser e a vida que seu pai quer para ela.

(fonte: Wikipedia)

Confira o trailer da primeira temporada: