Retrospectiva Literária 2013


Selinho Retrospectiva Literária

Oi gente!

Pela segunda vez, me inscrevi para participar da Retrospectiva Literária promovida pela Angélica, do Pensamento Tangencial (a outra vez foi em 2011). 

É o quarto ano que a Angélica promove essa blogagem coletiva super legal, na qual diversos blogueiros publicam suas listas no mesmo dia, respondendo as perguntas sugeridas. 

Este ano são 74 blogs participantes, a lista está no Pensamento Tangencial, aqui.

Bem, é hora da minha lista… Foi super difícil escolher, percebi que esse ano li muitos livros bons! Espero que vocês curtam! :)

Retrospectiva Literária 2013 – os “eleitos”

A aventura que me tirou o fôlego: 

O Toque da Morte e Vampiros para Sempre, de Charlaine Harris. Eu não leio muitos livros de aventura e estes nem são propriamente deste gênero, mas as aventuras de Sookie Stackhouse sempre me conquistam.

BeFunky_Vampiros Para Sempre.jpg

O romance que me fez suspirar:  O Lado Bom da Vida (resenha aqui), de Matthew Quick. É um livro muito fofo, enfoca muito mais o personagem do que o romance em si, mas vale para essa categoria. Recomendo a leitura!

download (3)

A saga que me conquistou: Na verdade eu já fui fisgada há anos, mas em 2013 li três livros da série Sookie Stackhouse/Vampiros do Sul, da Charlaine Harris.

BeFunky_Vampiros Para Sempre.jpg

O clássico que me marcou: Tomates Verdes Fritos, gostei muito mesmo (e ainda quero fazer resenha no blog)!

download (10)

O livro que me fez refletir: Ah, foram muitos! Mas principalmente os espíritas, que eu já leio com essa finalidade de refletir e aprender. Especialmente estes:

Livros Espíritas lidos em 2013

O livro que me fez rir: Melancia, de Marian Keyes. Eu lia a sinopse e tinha medo de esse livro ser deprê… mas a autora consegue suavizar o assunto a ponto de ter trechos bem divertidos.

MELANCIA

O livro que me fez chorar: Cavalo de Guerra, de Michael Morpurgo. Muito sensível, não tem como não se emocionar com a história de Joey.  Tem resenha aqui.

download (13)

O livro de fantasia que me encantou: A Garota que Perseguiu a Lua. Sensível, encantador. (Resenha aqui).

111048218sz

O livro que me decepcionou: “50 Tons de Cinza”. Acho que esperei demais dele… nas primeiras 150 páginas a leitura rendeu; depois achei tão parado que acabei desistindo.

50 tons de cinza
O livro que me surpreendeu: Foram vários! Acho que principalmente O Palácio de Inverno (resenha aqui), porque eu não esperava uma história tão densa e interessante, e acabei amando. 

O_PALACIO_DE_INVERNO_1279896983P

O livro mais criativo: A Garota de Papel, de Guillaume Musso. Teve resenha aqui.

download (1)

O infanto-juvenil que se superou: As Vantagens de Ser Invisível, de Stephen Schbosky. Também teve resenha aqui.

download (4)

O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: Todo bom livro faz um pouco isso, não? Acho que todos os que eu li esse ano colaboraram pra isso e seria injusto indicar um só.

A capa mais bonita: Sem dúvida, A Garota que Perseguiu a Lua. Tem relevo, brilho, só vendo para ter a noção real de como é encantadora.

111048218sz
A frase que não saiu da minha cabeça: Vi essa pergunta e lembrei logo do Charlie de As Vantagens de Ser Invisível dizendo: “Somos infinitos”.

Mas também vale a pena citar, do mesmo personagem: “Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim” (p. 12).

As melhores histórias reais:

Não resisti e acrescentei uma categoria! Sim, porque estes quatro livros não poderiam ficar de fora, tendo sido tão especiais!

6708115G1

O Caçador de Crocodilos é um livro ótimo sobre pessoas especiais, vivendo de acordo com seus valores e ideais. (Eu tinha certeza de ter feito uma resenha, mas não consigo encontrar :/ )

images

Levei tempo para começar a ler Marley & Eu, e a espera valeu a pena. É um livro muito fofo! Especialmente para quem adora cachorros, impossível não se divertir e emocionar.

download

Mil Dias na Toscana tem um ritmo lentinho como a vida no campo. É um livro muito gostoso de se ler, transporta a gente para o dia-a-dia da região, os hábitos e a cultura do povo e do casal de protagonistas. Adorei.

images (2)

Uma lição de perseverança é o mínimo que se encontra em Para Sempre. Me fez refletir bastante sobre a necessidade de acreditar e persistir, seja no amor ou em qualquer segmento da vida. Bem legal!

O(a) personagem do ano: Tive muita dificuldade nesse tópico! Escolhi os três que achei os mais encantadores: Pat Peoples, Marley e Joey

Pat Peoples, Marley e Joey

Não posso deixar de lembrar o modo de pensar de Pat Peoples em “O Lado bom da Vida”:

Talvez meu filme não tenha acabado – digo, porque às vezes os cineastas enganam o público com um falso final ruim, e bem quando você acha que o filme vai acabar mal, algo dramático acontece, o que o leva ao final feliz.” (p. 229).

O casal perfeito: Geórgui e Zóia, de Palácio de Inverno. Tão complexos que até hoje me parecem reais.

O(a) autor(a) revelação: Outra escolha difícil… mas acho que para mim foi o Matthew Quick (O lado bom da vida).

O melhor livro que li em 2013: Eis a grande pergunta! Fico feliz em ver que foram tantos bons títulos que a escolha é dificílima. Escolhi cinco seis (sim, eu sou indecisa) e coloquei em ordem de preferência (da esquerda para a direita), ainda correndo o risco de ser injusta:

Ospreferidos2013.jpg

Tem resenha de todos no blog, com excessão do Marley & Eu, que não fiz porque (apesar de merecer) já tem inúmeras, em função de ser um best seller de vários anos atrás.

Outros lidos em 2013: 

Gostei de todos, mas acabaram não aparecendo em nenhuma das categorias…

Outros lidos em 2013

Li em 2013 um total de 31 livros. Achei um número bom, considerando a rotina de trabalho e estudo e todas as outras atividades. :) Tive sorte de encontrar livros ótimos.

A minha meta literária para 2014 é: Quem sabe, repetir ou aumentar o número. Sinceramente, não me preocupo muito com isso, desde que encontre bons livros.

 E aí, pessoal? O que acharam da lista? 
Já conferiram os outros participantes? Então corre lá pra ver! :) 
Beijos!
Gisel
Anúncios

Ainda dá tempo!


Olá pessoal!

Com o ano terminando, às vezes temos a impressão de que não dá tempo pra mais nada, não é?

BeFunky_null_1.jpg

Mas nestes poucos dias que sobram, às vezes temos até mais energia para colocar as pendências em dia – pelo menos é o meu caso.

Estou tentando resolver aquelas coisinhas que ficaram sendo passadas de um mês para o outro, como a pintura de um sapato (já comprei a tinta), a limpeza dos e-mails, essas coisas pequenas mas que tomam tempo e acabam sendo deixadas de lado.

O bom de aproveitar esses últimos dias como se fossem um prazo final, é que temos aquela sensação de “preciso fazer até tal dia” que não temos no resto do ano, com as tarefas que não tem data definida. E quando conseguimos completá-las, vem aquela satisfação de ter feito, de começar o ano mais em dia com as nossas metas.

Que tal experimentar também? Fazer uma listinha (realista) com aquelas coisinhas que estão incomodando, e precisam ser feitas? A sensação de poder riscar os itens é muito gratificante!

Vamos lá, “pernas pra que te quero”,  “mãos à obra”, “força na peruca”… ainda temos 4 dias!!!

Bjs,

Gi

Feliz Natal!


Estou passando para dizer a vocês que é isto o que desejo a todos…

1527042_683496888362287_465282417_n

que possam estar com quem amam neste Natal! E também que seja mágico, para que possam vivenciar o que chamo de verdadeiro espírito Natalino: aquela sensação gostosa que vaga pelo ar nesta data, se instalando nos corações, nos deixando mais leves, solidários, caridosos, amorosos.

Um Natal muito feliz e cheio de amor para todos nós!! :)

p.s.: essa tirinha é só uma das muitas e excelentes deste personagem. Já conhecem? Vale a pena! Clique aqui para ver no Face ou aqui para o site.