Mudando o cabelo

 

Olá Pessoal!!

Continuando nas dicas sobre mudanças no visual, chegamos a um tópico que considero imbatível: mudanças no cabelo. Quem é que às vezes não enjoa do corte, da cor ou do penteado? Pois é. E, mesmo que você morra de medo de mexer no corte ou no comprimento, tem sempre alguma mudança, mesmo que pequena, para valorizar as madeixas e consequentemente o seu rosto. Por isso, divido esse post em tópicos com várias sugestões:

Para as que estão dispostas a mudar bastante:

  • Mude o corte.
    Procure em revistas, internet, e aconselhe-se com a cabelereira sobre o melhor corte para o seu rosto. Um bom corte é como uma moldura para seu rosto, e pode ajudar a afiná-lo, fazê-lo parecer mais cheio, disfarçar ou salientar pontos como testa, nariz, olhos, queixo.
  • Mude o comprimento.
    Gosta do corte, mas fica se perguntando como seria se fosse mais curto? Sim, pense bastante antes (e não vá com TPM, num dia de fúria, hehehe), mas tenha coragem: cabelo cresce!! Na dúvida, peça a(o) cabelereira(o) para ir cortando aos poucos e pare quando estiver satisfeita.
  • Mude a cor.
    Enjoou da cor natural do seu cabelo? Passou anos pintando e não aguenta mais os retoques? Pesquise o tom mais bonito para seu rosto e mãos à obra (não faça em casa se não tiver experiência ou, principalmente, se quiser clarear o cabelo todo – geralmente as tintas comuns para uso não profissional não são fortes o suficiente e é preciso fazer descoloração antes).

Para as menos radicais:

  • Retoque o corte.
    Siga o conselho de seu/sua cabelereiro(a) e retoque a cada 2 ou 3 meses. Depois disso, o cabelo começa a ficar com a aparência “sem corte”, e “não se ajeita” direito.
  • Faça luzes.
    Luzes, como o nome já diz, iluminam. Não confuda com mechas: fazer luzes consiste em clarear poucos tons, em mechinhas finas e espalhadas por todo o cabelo. Não só ele fica com um aspecto mais bonito, como o rosto ganha destaque. E além disso, ainda ajudam a diminuir a oleosidade, principalmente na raiz.
    Quanto ao papo de que é ruim porque tem de ficar retocando, bobagem: as luzes tem um aspecto (bem) mais natural do que a tintura no cabelo todo, ou mesmo do que as mechas largas, e a raiz não fica tão evidente. Quanto mais finas as mechinhas, mais natural o efeito – elas se misturam ao cabelo.
    Outra vantagem: você mesma pode fazer, com os kits disponíveis no mercado (em outro post abordaremos mais detalhadamente).
    Para quem tem dúvida sobre as técnicas de tintura/clareamento, achei um site que explica de forma bem simples o que é cada uma delas: http://www.elinda.com.br/index.php?id=428 

 Para todas:

  • Mude o penteado
    Experimente usar uma franja na diagonal, dividir o cabelo no lado ao invés do meio (ou para o lado contrário ao que está acostumada), usar tiaras, faixas, fivelas, tranças (que são lindas e perfeitas para o verão)… enfim: teste e varie. Mais tarde farei um post só com sugestões de penteados e acessórios práticos e bonitos.
     
  • Mantenha-os hidratados e bonitos
    Fios sedosos podem até estar sem corte, mas continuam bonitos. Já o contrário… dispensa comentários, né? 
    Use shampoos e condicionadores adequados ao seu tipo de cabelo, repare as pontas de tempos e tempos, e quando necessário lance mão de cremes de pentear, óleos, máscara de hidratação… nem precisa gastar muito: há muitos cremes e produtos para manter os fios bonitos por um preço bem em conta. Mantenha também a alimentação balanceada e beba bastante água – hidratação vem de dentro!
Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s